Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

1

Comentário e Poesia

em 12 de dez de 2007.



Bem, agora estou entrando de férias e creio que terei mais tempo para me dedicar ainda mais à literatura. Mas hoje não colocarei no Blog uma poesia minha. Hoje colocarei aqui uma poesia da Julia Vasconcelos, amiga minha, e que apesar de não mostrar o que escreve com a freqüência que deveria, escreve muito bem. Aqui vai uma poesia que ela me passou faz tempo, que é pequeneninha, mas ao meu ver tem uma carga emocional muito forte. Lá vai =P


De que adianta me olhares sentido,
se eres de mim fugitivo?
De que te servem minhas lágrimas
de quando teu supercolorido seduz?
E, a propósito, passado querido,
Que farás com tanta cor,
Se, onde vives, não há luz?

Bem espero que gostem, isso, é claro, se alguém ainda entra por aqui hehehe.

1 Comentários:

julia

puxa que puxa!
não mereço tanto hehehehe

brigadão mesmo, meu querido, seus incentivos significam muito para mim, viu? =)

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger