Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

1

A Lição de Poesia - João Cabral de Melo Neto

em 18 de dez de 2007.

Venho por meio do Blog colocar alguns poemas daquele que para mim é um dos maiores poetas brasileiros, quem sabe o maior. Como vejo muito pouco na internet no que se trata de poemas de João Cabral de Melo Neto, irei por intermédio do Blog disponibilizar alguns textos dele, uma vez que possuo a obra completa aqui em casa. Como primeiro post, colocarei o poema "A Lição de Poesia", que, embora seja um pouco grande para o formato Blog (geralmente permeado por textos rápidos), realmente nos dá uma lição. Enfim, leiam e tirem suas próprias conclusões.


A Lição de Poesia

1
Toda a manhã consumida
como um sol imóvel
diante de folha em branco:
princípio do mundo, lua nova.


Já não podias desenhar
sequer uma linha;
um nome, sequer uma flor
desabrochava no verão da mesa.


2
A noite inteira o poeta
em sua mesa, tentando
salvar da morte os monstros
germinados em seu tinteiro.


Monstros, bichos, fantasmas
de palavras, circulando,
urinando sobre o papel,
sujando-o com seu carvão.


Carvão de lápis, carvão
da idéia fixa, carvão
da emoção extinta, carvão
consumido nos sonhos.


3
A luta branca sobre o papel
que o poeta evita,
luta branca onde corre o sangue
de suas veias de água salgada.


A física do susto percebida
entre os gestos diários;
susto das coisas jamais pousadas
porém imóveis - naturezas vivas.


E as vinte palavras recolhidas
nas águas salgadas do poeta
e de que se servirá o poeta
em sua máquina útil.


Vinte palavras sempre as mesmas
de que conhece o funcionamento,
a evaporação, a densidade
menor do que o ar.


(João Cabral de Melo Neto em "O Engenheiro")

1 Comentários:

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger