Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

3

Criação

em 7 de jul de 2009.

Comentário: Às vezes é bom uma poesia para descontrair! Essa nem lembro quando fiz, mas resgatei dos meus arquivos mais antigos, provavelmente foi em alguma aula, fazendo lá meus rascunhos. É bem mais solta do que o que costumo fazer, por isso achei muito interessante dividir com vocês.

Uma poesia me veio e comecei a rabiscar.

Rabiscava de um lado
rabiscava do outro;
enfim, rabiscava sem parar.

Num desses rabiscos percebi haver me perdido.
Havia me perdido no meio do fio... da meada?
Não. Havia subido no meio fio!

Foi quando percebi que dirigia um carro.

3 Comentários:

Marcela

rs... essa é mais engraçada, mas mesmo assim é mto boa. beijos.

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger