Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

4

Em Aletheia - Felicidade

em 14 de out de 2009.

Em Aletheia todos eram felizes, todos tinham a completa consciência de sua felicidade. Deveria ser um dom daquele lugar, especulavam os moradores de fora. Mas eles estavam errados, e disso todos sabiam em Aletheia; eram ignorantes, ou melhor, pouco sabiam sobre a ignorância. Desconheciam o fato de que ela é a razão da felicidade, é uma bênção, mas não como os estrangeiros costumam pensar. O homem feliz é aquele que é capaz de ignorar as pressões sociais e se satisfazer com a felicidade pura e simples, aquele que ignora qualquer tentativa de afirmação social.


Comentário: Volto com a série sobre Aletheia, conforme algumas pessoas pediram por e-mail ao participarem da promoção do meu livro. Para quem não conhece, é um país imaginário que eu vou construindo e descrevendo no blog, sempre trazendo algumas idéias imbutidas no mundo imaginário, um país de filósofos.

Também aproveito para informar a vocês leitores que provavelmente sortearei mais exemplares do livro aqui. A noite de autógrafos foi muito bem sucedida e, como tudo ocorreu de uma maneira positiva, devo poder sortear mais alguns livros por cá.

4 Comentários:

Marcos Paulo

Puxa que bacana tudo isso: a volta do Aletheia, o sucesso da noite de autográfos,mais uma promoção...É isso ai Leo!
Ah, tava com saudades de apreciar a paisagem deste país, afinal, os primeiros textos que eu li aqui no seu blog foram o "Aletheia" e o "Cadernos do Homem Comum"
Abraços

Leonardo Schabbach

Devo retornar com o Cadernos do Homem Comum também. Têm dois contos que tenho na cabeça já faz tempo e não ponho no papel. Tenho também que escrever o próximo caso dos contos policiais, hehe. Agora que passou a noite de autógrafos terei mais tranqüilidade.

Marcela

Legal que voltou com o Aletheia, é bem legal mesmo, é uma das coisas que gosto do blog com certeza.

Marcos Paulo

Legal, Leo...tô ansioso e desejoso para ler estes próximos contos.Aliás, há algo que também me chama a atenção neste "episódio" do Aletheia: é a conotação usada para "ignorância". Incrível (sério mesmo).Esse tipo de ignorância deve ser promulgada como lei, ou seja, se tornar um dever,afinal o direito (a recompensa) que ela traz é enorme.
Mandou bem(novamente)...
Abraços

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger