Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

5

Reencontro - Parte II

em 15 de out de 2011.

Nesta semana dei uma reduzida na quantidade de postagens do blog. Isso aconteceu por causa do feriado. Não sei se foi pelo fato de algumas instituições terem emendado alguns dias, mas o número de visitas reduziu bem. Como estou ocupado resolvendo muitas coisas, algumas delas envolvendo o lançamento do meu primeiro livro, decidi por colocar apenas duas postagens online durante esta semana. Hoje coloco mais um pedaço de O Legado dos Dragões. Quem nunca acompanhou a série, pode checar todos os capítulos aqui.

Nesta atualização, coloquei um trecho bem pequeno, mas isso se deu pelo fato de eu não gostar de colocar dois capítulos diferentes em uma única postagem. Na sexta da semana que vem, coloco uma nova parte da história. Em breve, pretendo finalizar a primeira parte da aventura, para fechar tudo num e-book e distribuir de graça para quem quiser ler; tive essa idéia umas semanas atrás e gostei dela. Enfim, espero que gostem desta parte da história, é um momento importante e mais emocional.


*******************

Gabriel fechou a porta dos aposentos reais, o silêncio era absoluto. Sir Thomas Brickmond, já muito debilitado por causa de sua doença, repousava em sua cama, mergulhado em um sono profundo. Sir Lance se aproximava vagarosamente do amigo. Embora não gostasse da idéia de acordá-lo, sabia que o tempo era curto, que seu povo não podia esperar muito mais por uma decisão sua – e também que Thomas já não tinha muito tempo de vida.

Robert levou sua mão direita lentamente à testa de Sir Brickmond e, assim que o viu abrir os olhos, sussurrou:

- Olá, velho amigo, estou aqui, como me pediu.

Thomas apenas abriu um sorriso sincero e debilitado. Sua situação parecia quase terminal. O corpo estava magro e fraco, o rosto, quase seco, deixava transparecer as marcas dos ossos por debaixo da pele. O lendário general, o homem que derrotara o mais terrível dos dragões, parecia finalmente vencido.

- Que bom... eu o esperava amigo, não tenho muito mais tempo... sinto que posso deixar esse mundo a qualquer momento.

Robert baixou levemente a cabeça, como se tentasse conter a tristeza que lhe invadia. Sir Thomas Brickmond era o grande amigo que tinha, um dos poucos homens que respeitava; era para ele como um irmão. Nunca imaginara que poderia perdê-lo assim tão cedo, ainda mais para uma doença. Era triste pensar que um homem tão valoroso tivesse de perecer daquele jeito, sem poder reagir, sem poder lutar; entregue.

- Deixe de conversa! Você é forte, sempre foi, conseguirá sair dessa. – disse Sir Lance, sem muita convicção.

Thomas riu.

- Só um grande amigo seria capaz de me dizer palavras tão encorajadoras em um momento como este.

Robert apenas assentiu com a cabeça. Gabriel, que assistia a tudo do lado da porta, permaneceu em silêncio, o mais estático possível. Era nítida a força da amizade entre aqueles dois homens; era um momento triste e, ao mesmo tempo, muito bonito. A ele, só restava observar – e acatar qualquer decisão que viesse a ser tomada.

- Mas tenho um pedido a lhe fazer, Robert, um pedido importante. – Sir Brickmond tentava soar firme e convicto, apesar de estar quase sem forças para falar. – Você não... pode bater em retirada... eu tenho... fé... tenho fé no mensageiro... o garoto... a profecia... este é o momento, você sabe.

Sir Lance engoliu em seco.

- Sabe que não concordo em acreditar em um milagre como esse. Não posso arriscar a vida de meu povo por causa de uma superstição. Você me conhece, sabe que eu nunca poderia fazer algo assim.

- Robert... eu tenho certeza do que falo. Quantas... vezes... eu me enganei? Quantas? Espere pelo mensageiro... espere pelo menino... por favor... é somente isso que lhe peço antes de deixar esse mundo.

- Esse é o seu pedido final, meu caro amigo?

Thomas abriu novamente o seu sorriso debilitado.

- Sim.

- Então eu o farei. Vou esperar pelo mensageiro e pelo garoto. E vou ponderar a respeito de batermos ou não em retirada. Pode contar com minha palavra, Thomas.

Sir Brickmond deu um suspiro mais longo, como que se dando por satisfeito. Depois, continuou, já muito sonolento.

- Se deu sua palavra... está tudo bem... está tudo bem... es.. – e dormiu.

Gabriel, então, aproximou-se de Sir Lance e tocou levemente em seu ombro. Em seguida, ajoelhou-se em frente à cama de Sir Brickmond. Os dois planejavam permanecer ali. Segundo os médicos do reino, Thomas não deveria resistir por mais muito tempo, sua morte viria provavelmente nas próximas horas – e ele faleceria sem dor, em sono profundo.

Os dois generais baixaram a cabeça e seguraram a mão do rei. Para um, ali jazia um grande amigo. Para o outro, perdia-se um grande homem, um grande mentor, um pai. E assim permaneceram, em um silêncio triste e vulnerável, ao lado de Thomas Brickmond até o momento de sua morte.

5 Comentários:

J R

Estava ansioso aguardando mais uma postagem. Morreu. Que bom. Também estou ansioso para depois desta fase inicial da história. Agora os personagens já me parecem mais família. Como é algo online, a demora não incomoda tanto, mas sempre checo minha caixa de mensagem em busca de mais um pedaço de O Legado de Dragões.

Leonardo Schabbach

Fico muito feliz mesmo que esteja gostando da história. E garanto que tenho feito o máximo para postar cada vez mais rápido as novas partes das histórias.

Anônimo

Bom dia ,
Achei esse e book , li e fiquei muito fã da historia.Gostaria muito de saber quando vai rolar a continuação do primeiro livro...
Afinal ta muito boa a historia .

Leonardo Schabbach

Não sei se você já viu que você pode baixar o e-book completo aqui desse primeiro volume?

Se não tiver visto, baixe que tem já um bom pedaço a mais de história.

E eu continuarei a escrever aqui pelo blog mesmo. Agora, que recém terminei um, estou dando uma descansada, mas postarei novidades e coisas relacionadas ao livro aqui mesmo.

Perroni

Olá.....gostaria de parabenizar o autor Schabbach pela obra, fico feliz em ver que a qualidade das histórias nacionais vem aumentando, e acredito que vem incentivando todos a lerem a cada vez mais.
Primeiro e-book, que leio, achei bem interessante e diferente, mas espero que venha a publicar o legado dos dragões, pois gosto de ter o livro. Se não irei imprimí-lo para mim rsrs (brincadeira)
Sou grande fã de histórias envolvendo, cavaleiros, dragões e outras raças místicas (orcs,elfos...), sendo histórias envolventes de de grandes detalhes e aventura.

Não vejo a hora de ter a continuação do livro. Espero que tenha mais histórias que envolvem os dragões e o reino das fadas.

Tenho certeza que gostarei de ler seus outros livros.

Parabens!!!

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger