Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

4

O Sonho

em 29 de nov de 2011.

Oi, pessoal. Bem, após algum tempo sem produzir muita poesia, hoje coloco uma no blog para vocês. Vinha tendo muita dificuldade em escrever poemas, talvez pela correria dos últimos meses. Mas acho que este poema ficou bem legal, bonito; e, por isso, decidi colocá-lo para que vocês lessem e opinassem. Espero que gostem! Sei que não deve ter ficado espetacular, como falei, ainda estou voltando à forma, mas acho que ficou bom.

E, para os fãs de O Legado dos Dragões, tenho ótimas notícias. Provavelmente nesta quinta-feira lançarei um e-book fechadinho e gratuito para o pessoal baixar com essa primeira fase da saga. Ele deve conter basicamente o que já foi postado até agora e mais dois capítulos, que fecham esse início da história. Estamos preparando uma super capa e um hotsite bem legal. Tomara que tudo dê certo!




O Sonho

Nós precisamos,
Nós queremos,
Nós buscamos,

O Sonho,

algo de grandeza sem tamanho,
razão que não nos deixa desistir.

Eu sonho,
porque no sonho é impossível ficar triste,
no sonho, a tristeza não existe.

No sonho, nos basta apenas insistir.

4 Comentários:

Marcos Reis

Daqueles poemas que nos fazem continuar acreditando que tudo pode se tornar realidade.
Para tardes frias e chuvosas, um chocolate quente e a leitura de um poema deste já é o necessário para se viver bem.
Parabéns Leonardo.

Leonardo Schabbach

Valeu, Marcos!

Fico feliz que tenha gostado. Esses dias já estava até desanimado por não conseguir produzir mais poemas. Legal saber que esse saiu bom =)

J R

"no sonho nos basta apenas insistir" Ele próprio já é vívido e impulsionante. As vezes o sonho arde de tão vivo, é algo que não abandona. É uma visão assombrosamente deliciosa e delirante. Adorei este poema. Sim, Sr. Schabbach, esse saiu bom.

Anônimo

Para muitos sonhos são só sonhos,mais para outrous sonhar vai alem do simples fato de sonhar,voce precisa acreditar aquilo que sonha por que o sonho nos dar o que a realidade nos nega.Adoro ser sonhadora.

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger