Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

0

Conexão

em 8 de jul de 2012.

Retorno às postagens no blog após o pequeno período de FLIP. Hoje coloco por aqui um poema que escrevi enquanto viajava para Paraty. Acho que ficou legal, não saberia julgá-lo com precisão no momento, mas ele passa algumas idéias filosóficas que acho importantes. Já amanhã, devo postar um texto contando um pouquinho da minha experiência na FLIP deste ano e apresentando um novo autor para o pessoal do Na Ponta dos Lápis, um autor que devo resenhar em breve por aqui. Portanto, fiquem ligados.

Abaixo segue o poema. Leiam e, se possível, comentem. A participação de vocês é sempre muito importante!



Conexão

Apenas através de algumas pessoas é que o mundo existe,
pois a existência em si não possui significado.
Um homem não pode ser alegre nem triste,
se não tiver um outro ser humano ao lado.

De nada vale a experiência da vida
os anos, os fatos e a materialidade
se nas pessoas não houver uma certa magia,
certa compreensão que nasce da cumplicidade.

A coexistência é o que dá sentido a tudo,
é o que desvela a mítica da individualidade.
Pois o mundo só deixa de ser confuso e dúbio,
quando existem pessoas em quem se confiar de verdade.

0 Comentários:

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger