Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

15

Produza conteúdo ou morra!

em 27 de ago de 2012.

Produza conteúdo ou morra! Esta é basicamente a nova regra da internet, principalmente se pensarmos na blogosfera, ainda mais quando se fala de blogs literários, por exemplo. Enfim, como todos sabem, a internet é um meio que se modifica muito rapidamente, a cada nova opção de entretenimento ou rede social que surge. Lembro-me bem que, assim que houve o "boom" do twitter, as pessoas diziam que ele acabaria com o blog - e hoje dizem o mesmo a respeito do facebook.

De lá para cá, mantenho mais ou menos a mesma opinião: nenhuma rede social irá acabar com os blogs, elas na realidade podem até mesmo (e é o que fazem, com os espaços sérios) potencializar o seu alcance. No entanto, o advento das redes sociais mudou sim a forma de se pensar em um blog, isso é algo que não pode ser negado ou desconsiderado.

Antigamente, os blogs haviam sido criados justamente para mostrar a vida das pessoas, o que elas faziam e produziam. Muitos, inclusive, eram povoados por fotos entre amigos e etc... Em pouco tempo, surgiram os fotologs - e logo a função dos blogs de mostrar as viagens e fotos entre amigos foi deixada de lado. O que aconteceu, então, é que as pessoas começaram a postar apenas as coisas que produziam e, principalmente, a falar sobre sua própria vida nesses espaços.

Eis que surgem as redes sociais, como o twitter e o facebook, que não só acabaram com a função de "diário", como deram um fim à moda de fotologs, uma vez que nossas fotos e vídeos são facilmente integrados a ambos os espaços.

Como poderiam os blogs, então, sobreviver? A resposta é mais do que simples. Desde de o início, além das pessoas comuns, que utilizavam os espaço para fazer algumas ponderações,  para escrever sobre a vida e sobre os amigos, outras utilizaram a ferramenta para produzir informação. Logo surgiram milhares de metablogs e blogs sobre ciência, tecnologia, informação, cultura e entretenimento.

E esses espaços floresceram, sem sombra de dúvida. Alguns conseguindo uma enorme influência social. Alguns sendo absorvidos por portais maiores, como Uol, Ig e Globo. Todavia, as coisas novamente começam a mudar, mesmo para esses espaços e, principalmente, para os novos sites e blogs que pretendem se firmar na internet, ainda mais aqueles voltados para cultura, literatura e entretenimento.

Hoje, além de informação, é necessário produzir conteúdo. E podem notar que é um processo que já vem acontecendo com muitos blogs de qualidade. Recentemente, o Kibe Loco apresentou o Porta dos Fundos, um canal de TV no Youtube. Faz pouco tempo, apontei para vocês aqui no Na Ponta dos Lápis uma série muito legal, criada pelas donas do Literalmente Falando e do Nem Um Pouco Épico, em que elas brincavam com os clichês dos livros Young Adults (veja aqui). E há muitos outros exemplos.

O que é interessante notar, portanto, é que os blogs literários já perceberam bem isso. E cada vez menos têm se limitado a fazer apenas resenhas de livros com sorteio. As resenhas, nos locais de qualidade, têm ficado cada vez melhores e mais sofisticadas. Alguns têm produzido análises mais profundas, matérias, mais entrevistas (com mais qualidade) e também produzido seus podcasts ou programas de youtube. São muitos exemplos - e seria difícil de postar tudo por aqui. Mas o que fica claro é justamente isso: quem quiser sobreviver na blogosfera, precisará produzir cada vez mais conteúdo - e não necessariamente apenas informação, como em outros tempos. Isso, naturalmente, ocorrendo pelo fato de que, nas redes sociais, a informação se espalha em uma velocidade incrível, o que torna os sites que trazem essa informação algo um pouco "dispensável", já que as pessoas as procurarão nas próprias redes sociais. Por outro lado, um conteúdo mais trabalhado e aprofundado, torna-se diferente e atrativo. E, exatamente por isso, tornar-se-á cada vez mais essencial à sobrevivência de qualquer tipo de site na internet.

_________________________________

Nota: Espero que tenham gostado do artigo! Gostaria muito de ouvir a opinião de vocês sobre o assunto. Também aproveito para avisar vocês que, ainda por causa do projeto no qual tenho trabalhado nas últimas semanas, manterei o podcast sem atualizações por enquanto. Mas muito em breve isso irá mudar. Quanto ao conteúdo do blog: textos, artigos e matérias, devo manter a periodicidade, como prometido na semana passada.

15 Comentários:

C.J

ótima dica, tem um blog literário então produza conteúdo atrativo e original pois ficar pagando de agregador de news não dá futuro, do jeito que a informação se espalha na internet... saiu a capa do novo livro da Intrínseca e já tá em trocentos sites, portais e blogs literários. Não tem como se destacar nesse mar de mais do mesmo apenas postando lançamentos e, pasmem, resenhas e promos também.

Leonardo Schabbach

Legal que gostou C.J.

A idéia é mostrar isso mesmo. Só informação ou aquele conteúdo predefinido realmente começará a ficar muito ultrapassado. E é interessante notar muitos blogs já percebendo isso e mudando. Mesmo que não tenham parado para pensar em tudo isso que falei, eles estão sabendo se adaptar ao novo momento. =)

Kleris

é essa ideia mesmo: produzir ou morte ao blog.
E não só produzir, mas chamar atenção, reinventar-se. Dos bloggers, se pulou para os vloggers, promoções padrões e mil redes sociais que aparecerem. Os blogs estão se estendendo pela rede pra aumentar o alcance. E o que se exige de criatividade, se passa por memes. Tanto é bom qnt é ruim.

Nerito

Bem interessante sua abordagem, Leonardo. E sensata também. Estou na luta por produção de conteúdo há muito tempo. Infelizmente, muitos grandes blogs continuam nesse filão de linkar e pasteurizar conteúdo. A luta de um blogueiro é constante... Abraços!

contosdacolina

Mesmo com a pouca experiência que tenho como blogueiro, venho percebendo o quão tem sido necessário adaptar o blog às novas tecnologias da internet (destaque para as redes sociais). E lendo esse artigo fica ainda mais claro que eu mesmo fui pego nessa tempestade de mudanças na
blogosfera. É indispensável produzir sempre um conteúdo bacana, manter o espaço atualizado e promover sempre a melhor experiência de interação com os leitores.
O conteúdo desse post é bem esclarecedor. Valeu!

Sybylla

O principal problema são as inúmeras dicas de como ter um blog de sucesso que ignoram o puro prazer por escrever. O blogueiro TEM que ter um milhão de processos para ter mais e mais seguidores, para assim poder sobreviver na blogosfera.

Eu prefiro ter leitores do que seguidores. Prefiro ter gente que entre no blog, leia, comente, participe de uma construção de uma opinião. Mas a profissionalização de muitos blogs tem deixado a qualidade dos textos de lado para seguir as dicas dos N metablogs que estão por aí, ignorando a escrita, a qualidade, a opinião do blogueiro.

As redes sociais deram um empurrão benéfico aos blogs, mas tenho visto que alguns deles têm privilegiado apenas os acessos nas páginas do Facebook, por exemplo, ao invés de investirem nos seus textos.

Abraço!
momentumsaga.com

Marvini

Gostei bastante da matéria. Realmente está acontecendo exatamente isto. O novo lema da internet virou " Fique produzindo ou morra tentando", mas apesar de alguns blogs (não sou um ótimo conhecedor da área então, pardon) tem perdido um pouco de seu conteúdo para meros merchans de redes sociais. Mas as redes sociais como ja muito bem falado antes deram um bom upgrade nos blogs, principalmente na questão da divulgação, o que é um bom sinal.
Excelente escolha de assunto Leonardo.

Leonardo Schabbach

Valeu, Marvini. Fico feliz mesmo que tenha gostado fa matéria. E muito legal ter sua opinião.

FUNildo

http://trechosvindosdemim.blogspot.com.br/


me ajudem a escrever, leiam meu blog por favor?

vlw

Giovani Rodrigues

Uma matéria muito boa.
Pois é, a vida de blogueiro não é facil
Criei o blog do meu livro "Mark Hangellus e a Armada dos anjos expulsos" e estou começando aos poucos a divulgar.

http://markhangellus.blogspot.com.br

liceucultural

e não é fácil mesmo
temos 4 blogs sofremos muito
ainda mais com as copias das pessoas

(se quiserem nos conhecer mais
vejam Regozijo do Amor: http://regozijodoamor.wordpress.com/ Liceu Cultural Devenir: http://liceucultural.wordpress.com)

Marcelli Oliveira

Excelente matéria, me abriu muito a percepção desse mundo dos blogs, passei por várias etapas aí citadas, espero pegar o fio da meada pra participar ativamente dessa produção de conteúdo com qualidade de que fala. Meu novo blog é http://princesasnareal.blogspot.com.br/, passa lá e Vê se gosta da minha forma de expressão. Abraços.

Marcelli Oliveira

Excelente matéria, me abriu muito a percepção desse mundo dos blogs, passei por várias etapas aí citadas, espero pegar o fio da meada pra participar ativamente dessa produção de conteúdo com qualidade de que fala. Meu novo blog é http://princesasnareal.blogspot.com.br/, passa lá e Vê se gosta da minha forma de expressão. Abraços.

Ivana Lucena

Eu sempre achei que sendo eu a dona do meu Blog ninguém me ditaria o que fazer e quando fazer. Mas, parece que as coisas não são bem assim na Blogosfera. Primeiro, ao escrever, embora a permissão de autenticidade e espontaneidade, se não escolher bem o título, se for prolixo e se não garantir uma publicação mais ou menos sistemática, pode dizer adeus aos seus leitores. Outra regra importante que eu descobri é visitar outros Blogs e comentar se quiser que o façam com o seu. Estou certa?

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger