Quer meu livro de graça? Assine minha newsletter e venha conversar comigo!

Além disso, a newsletter é para ser algo mais pessoal, nela vocês podem responder e conversar diretamente comigo. E eu ainda pretendo enviar uma série de textos exclusivos por lá, sendo alguns mais pessoais, alguns capítulos antecipados de livros que serão lançados, assim como alguns e-books gratuitos.

Leia Mais

0

Poema de amigo - Desejo de deriva

em 6 de set de 2009.

De vez em quando gosto de postar uma coisa ou outra de algum amigo aqui pelo blog. Hoje, coloco um poema do mesmo autor de "Sobre a Estrutura". Considero um poema muito bom, com um estilo que eu, particularmente, aprecio muito. Como disse anteriormente, lembra-me um pouco de Cecília Meireles e Fernando Pessoa.


Desejo de deriva

Do céu tiro um pedaço,
Um sonho puro e branco,
Em minhas mãos o amasso,
E suas lágrimas tranco.

Conto-as uma por uma,
lagos do céu que guardei,
como uma branca pluma,
Vejo o sonho que roubei.

Traço metas,caminhos
Onde a água despejo.
Viaja formando rios,
seguindo aonde desejo.

No horizonte convexo,
azul do céu ou do mar?
Entre planos reflexos,
à deriva a viajar.

Sonhos,não mais no céu,
enchem agora o oceano.
Com este custo tão cruel,
o que por sonhos trocamos?

E na escura noite afundo,
Viajando sem certezas.
Me guio pelo meu mundo,
Seguindo as estrelas.

-Por Igor Fernandes

0 Comentários:

Postar um comentário

Participe você também. Sinta-se convidado a postar as suas opiniões. Com a sua ajuda, o blog se tornará ainda melhor!

 
Copyright© 2010 Na Ponta dos Lápis
Apoio: Literatura Fantástica
Tema original "Solitude" Modificado por Mundo Blogger